sábado, 31 de dezembro de 2011

Camarão na cama com esparguete!

Convidei o mar para se deitar com o esparguete, o alho, o açafrão e o gengibre. Ele tinha encontros mais importantes e fez-se representar pelos camarões e as algas, eu acho que se intimidou com a companhia!



Ora vamos lá então...um prato muito saboroso que fica pronto em poucos minutos, é mesmo uma rapidinha!

Ingredientes para duas doses:
220 gr. de camarão grande descascado (usei do embalado congelado);
180gr.  de cogumelos laminados (usei 1 lata, frescos são bem melhores);
3 dentes de alho;
Gengibre fresco ralado (1 colher de café. O seu sabor e perfume são intensos por isso, se for utilizar pela 1.ª vez é melhor reduzir um pouco à quantidade);
Açafrão em pó (o suficiente para ficar com uma cor amarelada);
Esparguete q.b.;
Azeite q.b.;
Sal marinho (uso sempre sal biológico, é um pouco mais caro mas compensa em saúde e sabor);
5 gotas de piripiri  (se gostarem picante é só colocar mais um pouco);
10 gr. de algas secas (usei alface do mar, embora não sejam as minhas preferidas, eram as que restavam na despensa).



Modo de preparação:
Colocar o esparguete a cozer em água abundante com sal.
Cobrir o fundo da frigideira com azeite, juntar 2 dentes de alho picados, deixar fritar ligeiramente, adicionar os camarões (podem estar congelados) e os cogumelos escorridos.
Temperar com o sal, o açafrão, o gengibre e o piripiri e deixar cozinhar. A temperatura do fogão deve estar no máximo para evaporar rapidamente a água do camarão e dos cogumelos.
Escorrer o esparguete, no mesmo recipiente em que foi cozido deitar um pouco de azeite e o restante alho picado, deixar estalar ligeiramente e adicionar as algas (que se demolharam durante 5 min. em água com sal) escorridas. Deixar cozinhar uns 5 min. 
Já está pronto! Colocar num prato de servir, o esparguete por baixo, o camarão por cima, com todo o molho e por último as algas. Servir imediatamente.


O almoço de 31/12/2011 foi assim...vou ao supermercado...ainda não sei bem como será o jantar!

1 comentário:

  1. Para o meu paladar estava cinco estrelas, minha mente brilhante.

    ResponderEliminar